A FreshWater Watcher reúne amostras na  Laguna de Bay, Philippines. © Jay Ortiz

Um novo relatório da Earthwatch mostra os impactos que os cientistas cidadãos criaram para a pesquisa de água doce em todo o mundo através do programa FreshWater Watch.

O FreshWater Watch foi a primeira iniciativa científica cidadã do seu tipo a pesquisar ecossistemas de água doce em escala global. Da metrópole urbana de Xangai aos desertos dos Emirados Árabes Unidos e das zonas úmidas da Índia, o programa descobriu novos conhecimentos sobre as principais causas da perda de qualidade da água e da degradação dos ecossistemas, tanto em nível mundial como local, provocando importantes ações de conservação.

 

Proteção de lagostins e axolote no seu habitat na Cidade do México

Xochimilco, ao sul da Cidade do México, abriga uma rede complexa de canais e Chiapas, um sistema tradicional de cultivo utilizado desde os tempos astecas. Lá, os FreshWater Watchers contribuíram para a pesquisa explorando como essa paisagem única afeta os micro-habitats de lagostins, bem como um anfíbio incomum chamado axolote, uma espécie que não se encontra em nenhum outro lugar da Terra. Os seus esforços ajudarão a informar e a restaurar este sistema agrícola único e na criação de refúgios do axolote para reforçar as suas populações.

 

Compreender as fontes de lixo nas Praias dos Grandes Lagos

Enquanto isso, em Buffalo e Chicago, EUA, a FreshWater Watchers investigou outra questão de conservação: a poluição das vias navegáveis por lixo antropogênico. Eles ajudaram com o projeto 'Great Lakes Beaches', um estudo aprofundado que explora a abundância, distribuição e impactos de lixo em torno dos Grandes Lagos. Além de coletarem dados importantes, a FreshWater Watchers removeu um número incrível de peças de lixo, 13.600, da praia, pesando quase 5.130 quilos ao longo do projeto.

Muitos exemplos de impactos ambientais e sociais nos últimos cinco anos são apresentados no novo relatório.

Graças à ajuda de mais de 8.000 funcionários do HSBC, juntos, coletaram mais de 17.000 dados, e o FreshWater Watch teve impactos significativos na pesquisa:

  • 40 cientistas de 30 instituições internacionais de pesquisa conduziram projetos relevantes em nível local.
  • • 10 ONGs ambientais, 10 rios e fundos para o estudo de vida selvagem e 10 agências governamentais têm participado ativamente no projeto.
  • O programa apoiou o estudo de aproximadamente 2.500 ecossistemas em 36 cidades e seis continentes.
  • Mais de 20 artigos científicos foram publicados com os dados reunidos.

O projeto alcançou muito mais do que o previsto inicialmente, criando novas ideias e fazendo mudanças reais e significativas nas cidades onde a pesquisa ocorreu. Na verdade, sem o compromisso dos FreshWater Watchers em todo o mundo, teria levado mais de 11 anos para que cientistas profissionais conduzissem a mesma pesquisa.

A equipe de pesquisa da Earthwatch juntamente com a rede dos 40 cientistas líderes em água doce do programa gostaria de expressar a nossa sincera gratidão aos líderes de ciência cidadã do HSBC que participaram. Estamos ansiosos para trabalhar com vocês novamente num futuro próximo.

Water Stories

American photographer Mustafah Abdulaziz presents images from an ongoing study of the global water crisis

Find out more